terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Renovando

Hoje, sem mais nem menos, senti vontade de mudar o blog. Sou do tipo que enjoa e precisa de uma novidade, vez em quando. E a aparência do blog estava igual há muito tempo ― sabe-se lá quanto; só sei dizer que foi em uma outra vida. Eu já nem me lembrava mais de como fazer esses ajustes.

O fato é que o Arbítrio do Yúdice está de cara nova. Deixou para trás as cores quentes, aquele inferno de informações cromáticas que, provavelmente, cansou a vista de uns tantos, os quais, educadamente, não se manifestaram. Assumiu um modelo dentre os disponíveis no Blogger, sem a intenção de buscar firulas. Poucas particularidades foram alteradas no leiaute padrão e todas com vistas a produzir um resultado mais limpo e confortável. Agora a tela é dominada por um delicado tom de azul, com o tema geral de uma estrada, sintoma de um desejo de andar, de respirar, de estar em um mundo que pareça belo.

A esquisitíssima fonte anterior deu lugar à batidíssima Arial, com a qual estou absolutamente acostumado em minha escrita acadêmica. Estou aplicando o mesmo aforismo que recomendo para a vida de todos: aposte na simplicidade. Há beleza na simplicidade. E um blog só precisa ser funcional. Podemos deixar as luzes faiscantes para as árvores de natal.

Outros ajustes serão feitos, em relação ao conteúdo, mas isso demanda um tempo e uma paciência de que não disponho no momento. Ficamos assim, com estas suficientes novidades, prenúncio de que o blog respira e quer sobreviver. E eu não quero soltar a pena. Nem deixar de dar minha opinião sobre tudo aquilo que ninguém me perguntou.

4 comentários:

Isabelle Rodrigues disse...

Mudanças sempre são bem-vindas, principalmente quando nos fazem bem!

Yúdice Andrade disse...

Mudamos as coisas simples e objetivas para causar algum efeito naquilo que existe dentro de nós.

Jean Pablo disse...

Acompanho este blog desde o seu princípio, que coincide com o meu início da minha "jornada jurídica", alternando somente a frequência de visitas.

Posso afirmar, apesar da natureza do conteúdo não ser exclusivamente jurídica, que as tuas postagem auxiliaram na formação acadêmica e, consequentemente, profissional.

Agradeço a oportunidade de ter acesso a um espaço de lucidez intelectual e liberdade de pensamento.

Obrigado primo, e que o blog se mantenha por mais longos e duradouros anos.

Abraços


Adrian Silva disse...

Por bastante tempo estive ausente, mas nunca o abandonei completamente. Vez em quando, sempre que lembro e é possível, dou uma visitinha. Não deixe de escrever: keep rocking! Grande abraço, mestre.
Ps1. Novo layout aprovado; e,
Ps2. Não esqueça de recomendar a página do Cabano por aqui.