sábado, 14 de abril de 2012

Indireta diretíssima

Mãe viajando a trabalho, coube-me a tarefa de cuidar sozinho de Júlia hoje. Ela brincou um tempo enquanto eu trabalhava, mas precisei lhe reservar um momento de lazer. Quando saíamos de casa, ela, que estava com os dois brinquedos, anunciou que o Bala no Alvo ia contar uma estória para a Jessie. Começou assim:
 Era uma vez uma menina que queria um irmão.
Não pude reprimir uma risada. Escutei então a voz, vinda do assento traseiro, lembrando-me que aquilo era apenas uma estória que o Bala no Alvo contava para a Jessie. Concordei e ela prosseguiu.
 Era uma vez uma menina que queria um irmão. O nome da mãe dela era Polyana, que estava viajando. O nome do pai era Yúdice, mas ele está aqui.
Enquanto eu ria, ela continuou murmurando alguma coisa que não escutei, por causa do barulho da rua. Até me diverti, mas achei melhor mudar o rumo da prosa...

5 comentários:

Cris Mattos disse...

ahhhh, gente, dá um irmão para a protagonista da historinha da Jessie...

Édissa disse...

Ontem estava com Karla Tancredi, em um casamento, e em meio a muito conversa, nos lembramos de ti. Hoje, naquele momento "inconsciente coletivo", vim arrumar os RSS de blogs, e claro, vim logo espiar o teu... Me deparar com a engraçadíssima história de Bala no Alvo, me fez lamentar o atraso nas leituras! A propósito, eu suspeito que essa não será a última vez que Jessie e Bala no Alvo conversarão sobre esse assunto! Hahahaha Beijos enormes!

Luiza Montenegro Duarte disse...

E agora, José? :)

Yúdice Andrade disse...

Édissa, é ótimo ser lembrado por pessoas tão queridas.

Para todas, a estória em apreço é apenas mais um capítulo de toda uma cobrança. Júlia já brigou comigo ao menos duas vezes porque já me perguntou sobre um irmão e eu "não lhe dei resposta". Acho até que foi induzida a falar desse jeito.
Sem falar nas cobranças gerais. Em suma, vai render...

@ritahelenafer disse...

Yúdice,

Morri de rir agora.. Estou aqui, me recuperando de uma virose, procurando coisas amenas para ler, quando me deparo com mais uma da Júlia. Deu até uma animada... Rs.

Adoro as histórias dela!

Agora, depois dessa, "chupa essa manga"... Rs!

Bjos.