quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Mudança de rota

Júlia, ontem, deu todos os sinais de que preferia ficar na turma atual. Hoje, contudo, mudou de ideia. Enquanto a mãe a vestia para a escola, questionou sobre que uniforme queria usar: o vermelho, atual, ou o azul, do nível mais avançado. Júlia preferiu o azul. Mas ao ser informada das implicações que isso traria, pareceu hesitante. Disse que começaria indo para a sala atual. Todavia, ao entrar na escola, ela mesma estancou o passo e considerou "melhor" ir logo para a turma nova.
Foi recebida com um abraço pela nova professora e se integrou às atividades, que realizou com interesse. Pediu para visitar a turma antiga, pois queria ver a professora e os colegas. Mas ela mesma destacou que era uma "visita".
Ao final da manhã, estava à vontade, ambientando-se, e já aprendeu os nomes de alguns colegas. O saldo do dia é positivo para a mudança. Mas sabemos que a observação prossegue necessária. Afinal, crianças são suscetíveis a mudanças de opinião e, como disse ontem, o emocional manda.
Em suma, o placar está 1x1. O que será amanhã?

2 comentários:

Ana Miranda disse...

Yúdice, eu acho perfeito a maneira como vocês e a escola estão conduzindo o assunto.

A Júlia, com tanto carinho e atenção, saberá fazer a escolha certa, mesmo que ela ainda não tenha noção de que está optando por uma coisa ou outra...

Parabéns a vocês e à escola!!!

Yúdice Andrade disse...

Felizmente, Ana, ela mudou e está se saindo bem. Aceitou o novo ambiente e a professora tem elogiado o seu comportamento em sala.
Nesta fase, ela leva dever para casa todos os dias, exceto sextas, e tem gostado de fazê-los. Pelo menos enquanto é novidade...