sexta-feira, 3 de junho de 2011

"Me senti acolhido"

Há muitas formas de você se importar com as pessoas ao seu redor.


Algumas delas podem surpreender pela simplicidade ou parecer extravagantes. Raspar o cabelo, p. ex. Tudo é uma questão de colocar o gesto em contexto. E quando se vê o contexto dos jovens estudantes da cidade mineira de Governador Valadares, somos lembrados de que nunca sabemos ao certo o impacto que nossas ações podem ter sobre as vidas alheias.
É maravilhoso pensar que, em meio a um noticiário predominantemente concentrado no bullying, uma escola mineira produza um episódio tão bonito, alegre e reconfortante. Tomara que os adolescentes se espelhem nesses jovens, que estão de parabéns.
Boa sorte ao Arthur.

4 comentários:

Maíra Barros de Souza disse...

Essa notícia me acalentou! Melhorou meu dia! Tão bom ler notícias boas pra variar. Achei linda essa atitude. Como o amor que vai, volta, um gesto desse não beneficia só o Arthur, mas todos os amigos que abraçaram essa idéia tão solidária. Adorei! =)

Lucianoff disse...

Ainda encontramos pessoas sensatas e boas por esse mundo a fora! Que bom ...

Yúdice Andrade disse...

E não é, meus caros? Eu também senti uma paz quando li isso, tanto que resolvi divulgar.

caio disse...

A segunda notícia que mais me emocionou no ano, só atrás da do Realengo.