sábado, 30 de outubro de 2010

Despertar

Acordar num dia em que ainda podemos permanecer na cama. Ver aquela criaturinha se aproximar, abraçando-nos calorosamente e dizendo "Bom dia, papai. Você é muito importante para mim." Ficar surpreso com a inesperada declaração.
Ah, se todos os dias começassem assim!

4 comentários:

Ana Miranda disse...

Eh...eh...eh...
Da próxima vez, grave e só levante-se da cama após ouvir lindas e sábias palavras.
Essa Júlia, que linda!!!

Aline disse...

Que lindo, Yúdice... Realmente, começo de dia perfeito! Tô doida pra sentir essa gostosura de amor! Ah, nosso bebê é um menino, João! Em março ele chega, se Deus quiser!
Beijo pra sua Júlia!
Aline Bentes.

Print Point disse...

Então, vamos ser filhos assim né? Sei que no teu caso é difícil, mas quem é um pouquinho mais jovem pode e DEVE fazer isso! Família só não é tudo pq Deus é tudo!

Yúdice Andrade disse...

O problema, Ana, é que essa criaturinha só tem esses rompantes quando não temos a menor condição de registrá-los!

Sentirás, Aline. E será um deleite. Saúde para o João.

Estás me chamando de velho, Waldréa? Eu também posso mimar a minha mãe!!!