quinta-feira, 17 de junho de 2010

Que dia...

O de hoje está candidato a pior dia do ano. Postagens qualquer hora dessas.

4 comentários:

Antonio Graim Neto disse...

É, o meu também não foi dos melhores, Professor. Doente ninguém consegue muita coisa.

Mas dias melhores sempre estão a nossa frente!!!

Uma ótima sexta-feira a todos!

Waldréa disse...

Existem tantos fatores que levam as pessoas a serem como elas são, a agirem de forma que muitas vezes, senão todas as vezes, nós não entendemos e muitos dos nossos problemas no dia-a-dia se devem justamentea isso, direta ou indiretamente, e parecia que a um certo tempo atrás(pouco, na verdade) me fez pensar nisso e contar de 1 até 10 no momento que alguém não age como eu agiria ou como eu acho certo que se deveria agir... Enfim, é uma tentativa de consolo(não muito bem sucedida/redigida), mas que vale a pena pensar!

Ana Miranda disse...

Nunca te vi tão dramáááááááático assim. Eh...eh...eh...

Yúdice Andrade disse...

O que te acertou, Antônio? Espero que já estejas melhor.

Waldréa, essa tua análise foi muito profunda. Li, reli e meditei um tempo, pensando no significado profundo que tens em mente. Mas mesmo incerto quanto a ele, agradeço a preocupação. Já estou bem melhor.

Se estivesses aqui em Belém, Ana, terias me visto quase histééééérico...