sábado, 3 de abril de 2010

Notícias que não deveriam ocupar o nosso sábado

Eu pensei em escrever alguma coisa sobre o morador de rua que foi vítima, com certeza, de algum playboyzinho dando vazão a sua testosterona e sua visão sobre classes sociais, e amanheceu pintado de prateado, mas me deparei no mesmo portal jornalístico com esta notícia aqui, sobre a menina de 7 anos oferecida pela própria irmã, que acabou sofrendo estupros múltiplos, e perdi a vontade.
Agora vou procurar alguma coisa bem suave e doce para salvar o sábado.

2 comentários:

Ana Miranda disse...

Aos bandidos que pintaram o morador de rua, eu desejaria pena pérpetua, e não venham me dizer que o crime é brando, pois vejo isso como maldade pura, é crueldade colocar uma pessoa numa situação dessas. Isso é humilhamte, é degradante, é repugnate, é extremamente revoltante!!!
Quanto as crianças, abstenho-me a fazer qualquer comentário, minha revolta não me permite.
Sinto muito caro Yúdice, mas seu belo pôr do sol não suavizou e nem salvou nada...

Luiza Duarte disse...

Eu não entendo as pessoas. E não é por falta de esforço.