quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Astressina-B

Por que esses inocentes camundongos aí ao lado podem se tornar um marco da ciência?
Eles estavam participando, na pior condição, de uma pesquisa na Universidade da Califórnia, em virtude da qual lhes foram provocadas alterações genéticas. Para tratar as implicações gastrointestinais, foi-lhes ministrado um composto chamado astressina-B, que acarretou um efeito inesperado: os pelos do dorso dos animais, que caíram também em decorrência da manipulação genética, voltaram a crescer. Bingo! Está descoberta mais uma possível opção de tratamento para um dos maiores sofrimentos da humanidade: a calvície!
Infelizmente, o tempo da ciência é muito dilatado. Não existe nenhuma pesquisa com seres humanos nessa linha e, se alguma começasse hoje, não poderíamos estimar em quantos anos poderia ser criado um tratamento realmente eficaz, que estivesse pronto para ser lançado no mercado. É uma pena que demore tanto assim, pois o tempo de milhões de homens pelo mundo afora, eu incluído, escoa a passos largos (ou, para não perder o trocadilho, escapa pelo ralo!).
Tomara que tenhamos boas notícias o quanto antes.

Fonte: http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2011/02/novo-tratamento-para-calvicie-pode-ter-sido-descoberto-por-acaso.html

3 comentários:

aline disse...

É UMA PENA MESMO O NOSSO SOFRIMENTO É MUITO DOLOROSO A ALTO ESTIMA ESTA EM BAIXA, E ISSO ATRAPALHA EM TODO OS ASPECTOS DA MINHA VIDA. SE OS CIENTISTA PRECISAREM DE PESSOAS PARA EXPERIMENTOS ESTARIA DISPOSTO AI IR SEM PENSAR NAS CONSEQÜÊNCIAS.

Lilica disse...

Yúdice, enquanto a ciência não descobre um método eficaz e eficiente para o combate à calvície, consulte um site chamado Cornucópia. Tem tudo sobre cosméticos e vende um chamado Toppick que vem a ser um spray que, misturado ao cabelo, aumenta o volume do mesmo, disfarçando calvícies. Mas, pessoalmente, acho que és um charme como estás.

Yúdice Andrade disse...

Você tem problema de calvície, Aline? Isso é incomum em mulheres, mas conheço uma que até precisou de um implante.

Lilica, posso dar uma olhada no site, sem problemas. E agradeço muito a sua avaliação positiva.