segunda-feira, 14 de março de 2011

Obsessão por estatísticas

Já disse que não consigo entender porque nunca antes acessara as estatísticas do blog através das ferramentas do próprio Blogger, mas agora que comecei tudo indica que ficarei viciado. Estou adorando ver as curiosidades acerca do que faço, bem como de acompanhar as mudanças.
Observei, p. ex., que na última semana fui acessado de Portugal (42), Estados Unidos (40), Japão (25), Holanda (15), Alemanha e Espanha (13 cada), Rússia (10), Dinamarca e Reino Unido (9 cada). Hoje, especificamente, alguém se interessou por mim no Canadá e na Ucrânia (2 cada), na Angola e na Argentina, além de em países citados acima.
Sei que o iPad já responde por 1% dos acessos.
Sei que o Sandro Alex é mesmo um cara famoso porque, com apenas uma semana de criação do seu blog, já se tornou o terceiro maior fornecedor de visitas ao meu (dados da semana), à frente do Flanar, obra coletiva da qual eu mesmo sou um dos editores (ou seja, eu mesmo me dou audiência menor!).
A postagem "Circuncisão é saúde" continua sendo, estranhamente, a mais procurada (137 visualizações de página), anos-luz à frente da segunda (31), que variou em relação à semana passada. Somente hoje ela foi visualizada 11 vezes, contra 5 do meu desabafo de ontem à noite. Estou quase deletando a imagem que a ilustra, para ver o que acontece...
Vocês vão me perdoar, mas não há jeito de impedir que eu monitore esse troço. Até porque sempre me fica a esperança de algum desses visitantes anônimos me escrever alguma coisa, dizer porque afinal se interessou pelo blog. Como eu posso não saber por que alguém na Ucrânia acessou este blog?!

12 comentários:

Ana Miranda disse...

Uai, sô, porque seu blog é bom.

André Coelho disse...

A pessoa do país distante de língua estranha acessa o seu blog atraído a partir da imagem. Fez uma pesquisa numa ferramenta, tipo, google imagens, achou justo a imagem que está numa postagem do seu blog e, como a imagem lhe interessa, ele aperta para ver o que a postagem inteira diz, vê que é português e vai embora.

toniachalu disse...

Gente, tem brasileiros que moram nesses países, ué!?
Eles querem saber o que uma boa mente brasileira fala sobre os nossos problemas.
E se forem estrangeiros curiosos, que saibam: vieram ao lugar certo!

Liandro Faro disse...

Amigo,

Geralmente os penalistas possuem muitas obsessões! E uma delas está no mundo dos números!

Pelo-amor-de-Deus.... hehehehehe

Yúdice Andrade disse...

Mesmo para os ucranianos, Ana?

É a melhor explicação, André. Mas ela me deprime. Prefiro acreditar que algum brasileiro saudoso da pátria acabou passando por aqui.

Tomara que eles encontrem a tal "boa mente brasileira", Tonia.

Não sei se por ser penalista, Liandro, mas eu tenho tantas obsessões que até vale a pena ser espírita!

Sandro Alex Simões disse...

Caríssimo,

Estimulado pela tua postagem fui dar uma olhada nas minhas estatísticas e, realemnte, isso é bem curioso e com toda possibilidade de viciar. Descobri 6 visualizações da Hungria!!! Nunca postei fotos, mas talvez seja o aquário da república romana...Ah, o maior fluxo de visualizações vem a partir do seu Blog e do André. Isso que é apadrinhamento eficiente!

Abraços do

Sandro Alex

caio disse...

Talvez eu tenha a resposta! O poster desse é meu amigo e passou pela Maloróssia! Ele também esteve na Hungria, mas antes do Sandro criar o blog dele.

http://ambulare.tumblr.com/post/3781862375/israel-parte-1-desventuras-em-serie

http://ambulare.tumblr.com/post/3841054177/israel-parte-2-tudo-o-que-desce-tem-que-subir

Falei a ele que haveria personagens mais condizentes com a Ucrânia do que Stálin, que não era daquelas bandas... Trótski, Kaganovitch, Brejnev...

Yúdice Andrade disse...

É a rede de blogs de professores do CESUPA, Sandro: informal, porém eficiente!

Tomara que esse teu amigo leve os nossos blogs para vários outros países, Caio.

André Coelho disse...

Eu também consulto minhas estatísticas e encontro essas visitas de lugares estranhos. A minha teoria da atração pelas imagens me fez deixar de pensar no assunto e voltar a postar tranquilo rsrs. Ah, e Sandro, isso prova que, no Brasil, seja no mundo real, seja no virtual, as relações pessoais ainda são o fator determinante de sucesso rsrs. Patrimonialismo virtual rsrs.

Yúdice Andrade disse...

E não é verdade que um amigo na praça vale mais do que dinheiro?!

Anônimo disse...

Eu não quero ser um estraga prazeres, mas existe um George Yudice que é PHD e leciona na universidade de Cambridge. No google ao digitar Yudice o seu blog é o primeiro que aparece. Mas são somente especulações.

Yúdice Andrade disse...

Já encontrei o PHD George Yudice. Só não sei por que "estraga prazeres".